A Escola Fei Xing (Estrelas Voadoras)

A Xuan Kong Fei Xing ou Vazio Misterioso das Estrelas Voadoras é uma das mais importantes e complexas escolas do Feng Shui. Originária da Tradição dos 3 Ciclos, leva em conta principalmente as relações entre o Qi Celeste (estudo da evolução dos ciclos astrológicos – fator Tempo) e o Qi Terrestre (aspectos do Quadrado Mágico – fator Espaço) existentes nas construções, e suas respectivas dinâmicas energéticas a cada dia, mês, ano ou período de 20 anos.

Diferentemente do Ba Zhai, que se fundamenta na interação entre os Trigramas do Yi Jing (Na Jia) e realiza uma leitura “fixa” do local, os estudos das Estrelas Voadoras se baseiam nas interpretações qualitativas dos números do Luo Shu e suas respectivas variações de acordo com o momento energético.

O maior segredo dessa escola está na interpretação do mapa energético da construção. Mesmo existindo desde a Dinastia Jin (há mais de 1500 anos), muitos Mestres do passado, como Guo Po (276-324 d.C.) e Jiang Da-Hong (final da Dinastia Ming – 1368-1644 d.C.) mantiveram intactos tais segredos, que foram revelados satisfatoriamente somente a partir de 1920, por Shen Zhu-Nai. O Livro “Shen Shi Xuan Kong” (Estudos de Shen sobre o Vazio Misterioso) influenciou enormemente a prática do Feng Shui na China moderna, Hong Kong e Sudeste da Ásia, e uma nova geração de Mestres, como Bai He Ming, e Wan Wen-Huo publicaram edições anotadas da obra de Shen.

Durante o desenvolvimento do Xuan Kong Fei Xing, devido principalmente a obscuridade das informações do “Ai-Xing-Shu“ (método da Distribuição das Estrelas numa carta), houveram muitas suposições e conjecturas, reforçando, por conseguinte, o surgimento de inúmeras Escolas de interpretação e muitos métodos díspares. No início da Dinastia Qing, haviam 5 escolas maiores fundadas na China:

  • Dian Nan Pai;
  • Wu Chang Pai;
  • Su Zhou Pai;
  • Xiang Chu Pai;
  • Guang Dong Pai;

Embora todos afirmassem que Jiang Da-Hong era o Mestre Essencial, cada uma das escolas tinham uma maneira de analisar as Estrelas. Atualmente, em meio à evolução dos conceitos ancestrais, temos as seguintes considerações sobre as mesmas:

ESTRELA 1 BRANCA – ÁGUA

Identidade: anjo do nascimento
Caráter: favorável
Quando Oportuna: fama, sorte
Quando inoportuna: separação

ESTRELA 2 AMARELA – TERRA

Identidade: rei da doença
Caráter: muito desfavorável
Quando Oportuna: fertilidade, médico celeste
Quando inoportuna: doença, isolamento

ESTRELA 3 JADE – MADEIRA

Identidade: o fantasma da infelicidade
Caráter: desfavorável
Quando Oportuna: abundância, riqueza
Quando inoportuna: roubo, processo, disputa

ESTRELA 4 VERDE – MADEIRA

Identidade: a ninfa inteligente e indecente
Caráter: variável
Quando Oportuna: amor, romance, estudo
Quando inoportuna: adultério, separação

ESTRELA 5 PRETA – TERRA

Identidade: o diabo da ferocidade
Caráter: a pior
Quando Oportuna: sucesso
Quando inoportuna: catástrofe

ESTRELA 6 BRANCA – METAL

Identidade: o anjo da bravura e do poder
Caráter: favorável
Quando Oportuna: autoridade, força
Quando inoportuna: solidão, despotismo

ESTRELA 7 VERMELHA – METAL

Identidade: o espírito da pompa – o rei da guerra
Caráter: maléfica
Quando Oportuna: riqueza, fertilidade
Quando inoportuna: roubo, acidente, trapaça

ESTRELA 8 BRANCA – TERRA

Identidade: o anjo da riqueza e da felicidade
Caráter: favorável
Quando Oportuna: solidez, progresso
Quando inoportuna: solidão, acidentes com crianças

ESTRELA 9 PÚRPURA – FOGO

Identidade: o anjo do vigor
Caráter: potencialmente favorável
Quando Oportuna: celebridade, sucesso
Quando inoportuna: conflito, descontrole, alienação, doenças nos olhos

De acordo com o posicionamento das Estrelas numa construção e o ciclo energético, é possível averiguarmos, entre outros múltiplos fatores, se uma construção é:

  • Boa para Prosperidade e para Pessoas (Wang Shan Wang Shui);
  • Boa para Prosperidade e ruim para Pessoas (Shuang Ling Xing Dao Xiang);
  • Ruim para Prosperidade e boa para Pessoas (Shuang Ling Xing Dao Zuo);
  • Ruim para Prosperidade e para Pessoas (Shang Shan Xia Shui);

Atenção: tanto a abordagem quanto a aplicação do método Fei Xing se modificou bastante nos últimos anos, sendo que muitas das teorias comumente apresentadas necessitam, na visão do autor, de uma reavaliação e readequação quase que total. Mais informações podem ser encontradas nos cursos sobre tema  e na obra Feng Shui Clássico nos Novos Tempos.

Por Marcos Murakami (artigo revisado em 2016)